Categorias

REGRA BÁSICA: As motocicletas necessitam manter as suas características originais de fábrica, tanto para ciclística quanto para mecânica, salvo os modelos preparados/modificados para corrida onde, nesse caso, precisam ter as características de CORRIDA 'de época' para o modelo em questão.

VETERANAS

• Motocicletas de qualquer cilindrada, fabricadas até 1919.
• Motocicletas com sistema de 'perda total de óleo' deverão ter reservatório de coleta do óleo do despejo.
• Motos com preparação: Será permitida qualquer tipo de alteração mecânica desde que 'de época' para o modelo em questão. O período 'de época' nesta categoria compreende elementos mecânicos utilizados até 1919.
• Qualquer alteração que venha a ser de período posterior ao mesmo em que a motocicleta se enquadra, o competidor deverá participar da categoria referente ao período da preparação.
• Será necessário vistoria técnica e vistoria histórica.
• Itens obrigatórios de segurança: Capacete aberto, sapato de cano alto, calça comprida (jeans), jaqueta fechada (couro ou cordura) e luvas (couro ou cordura).

VINTAGE

• Motocicletas de qualquer cilindrada, fabricadas entre 1920 e 1939.
• Motocicletas com sistema de 'perda total de óleo' deverão ter reservatório de coleta do óleo do despejo.
• Motos com preparação: Será permitida qualquer tipo de alteração mecânica desde que 'de época' para o modelo em questão. O período 'de época' nesta categoria compreende elementos mecânicos utilizados entre 1920 e 1939.
• Qualquer alteração que venha a ser de período posterior ao mesmo em que a motocicleta se enquadra, o competidor deverá participar da categoria referente ao período da preparação.

PÓS-VINTAGE

• Motocicletas de qualquer cilindrada, fabricadas entre 1940 e 1952.
• Categoria dividida em dois grupos: até 350cc e acima de 351cc, que correrão juntas ou separadas, dependendo da quantidade de inscritos.
• Motocicletas com sistema de perda total de óleo deverão ter reservatório de coleta do óleo do despejo.
• Motos com preparação: Será permitida qualquer tipo de alteração mecânica desde que de época para o modelo em questão. O período de época nesta categoria compreende elementos mecânicos utilizados entre 1940 e 1952.
• Qualquer alteração que venha a ser de período posterior ao mesmo em que a motocicleta se enquadra, o competidor deverá participar da categoria referente ao período da preparação.
• Será necessário vistoria técnica e vistoria histórica.
• Itens obrigatórios de segurança: Capacete fechado, sapato de cano alto, calça comprida (couro ou cordura), jaqueta fechada (couro ou cordura) e luvas (couro ou cordura).

THE FIFTIES

• Motocicletas de qualquer cilindrada, fabricadas entre 1953 e 1962.
• Categoria dividida em dois grupos: até 350cc e acima de 351cc, que correrão juntas ou separadas, dependendo da quantidade de inscritos.
• Motocicletas com sistema de perda total de óleo deverão ter reservatório de coleta do óleo do despejo.
• Motos com preparação: Será permitida qualquer tipo de alteração mecânica desde que de época para o modelo em questão. O período de época nesta categoria compreende elementos mecânicos utilizados entre 1953 e 1962.
• Qualquer alteração que venha a ser de período posterior ao mesmo em que a motocicleta se enquadra, o competidor deverá participar da categoria referente ao período da preparação.
• Será necessário vistoria técnica e vistoria histórica.
• Itens obrigatórios de segurança: Capacete fechado, sapato de cano alto, calça comprida (couro ou cordura), jaqueta fechada (couro ou cordura) e luvas (couro ou cordura).

4 TEMPOS até 125cc

• Motocicletas com motores 4 Tempos, até 125cc, fabricadas até 1982.
• Esta categoria busca a ser uma homenagem, em sua maior parte, à antiga categoria Fórmula Honda 125cc que foi até os anos 80. Porém, outros modelos poderão ser aceitos nesta categoria.
• Modelos Nacionais com comando de válvulas na cabeça (como a Honda Turuna, por exemplo) não se enquadram nessa categoria.
• Os motores deverão ter a distância entre os prisioneiros (fixação do cilindro ao bloco) na sua configuração original e NÃO será permitido o uso de calço (placa) abaixo do cilindro.

Motos com preparação:
• É permitido o uso de platinado ou CDI
• É permitido a modificação/preparação de componentes internos, desde que originais do motor.
• É permitido o uso do cabeçote mais moderno (produzido até 1999) em decorrência da dificuldade de se manter a peça original produzida até 1982.
Não é permitido a alteração dos centímetros cúbicos (cilindrada)
• É permitido apenas pistão 125cc até a última medida do cilindro original, com taxa de compressão livre.
Carburador: Livre, desde que produzido até 1982. • Cãmbio: o original da categoria em 1982 tem 4 marchas, porém, em consideração ao fato da saudosa Fórmula Honda, o câmbio de 5 marchas, da CG a álcool, será permitido.
• Suspensão: A balança da suspensão, apesar de originariamente ser curta, entendemos a dificuldade de se conseguir o modelo original. Será permitido o uso de balança longa (fabricada nos modelos após 1983).
Freios: Não será permitido o uso de freio a disco de sistema hidráulico.
• E em caso de dúvidas será solicitado, pela comissão técnica, a retirada do cabeçote para verificação de cilindrada e curso.

IMPORTANTE: É obrigatório o uso das tampas da embreagem e do magneto da CG até 82, mesmo que seja necessário uma adaptação na tampa do magneto, caso do uso de CDI com pulsador externo.

• Será necessário vistoria técnica e vistoria histórica.
• Itens obrigatórios de segurança: Capacete fechado, sapato de cano alto, calça comprida (couro ou cordura), jaqueta fechada (couro ou cordura) e luvas (couro ou cordura).

2 TEMPOS até 50cc

• Motocicletas com motores 2 Tempos, até 50cc, fabricadas até 1979.
• Utilização obrigatória do conjunto ciclístico original (chassis, balança e rodas).

Motos com preparação:
• Motor poderá ser utilizado cilindro e pistões novos e de fabricação recente (Eurokit por exemplo) desde que tenha sido feito para o motor original. (Ex. cilindro Eurokit com pistão de STD à última medida).
• A parte interna dos motores como coletores, câmbio, embreagem e relação, podem ser modificados ou preparados livremente.
- NÃO é permitido o aumento da cilindrada
- NÃO é permitido o aumento do curso do virabrequim
- NÃO é permitido a alteração da distância dos prisioneiros do motor instalado na moto em questão.
• Para ciclomotores, como a Mobillete, o bloco do motor deverá ser o original (o uso de cárter com 4 palhetas é vetado), a embreagem também deverá ser original do modelo AV7 (o uso de modelos mais novos, usados nos modelos Caloi serão aceitos) podendo ser livre a modificação interna.
• Os motores deverão ter a distância entre os prisioneiros (fixação do cilindro) na sua configuração original, em caso de dúvidas será solicitado, pela comissão técnica, a retirada do cabeçote para verificação do tamanho do pistão e curso do virabrequim.
• Ignição livre: Platinado ou CDI
• Carburador: Poderá ser utilizado carburador de Venturi até 24mm.
• Suspensão: Via de regra, pede-se a original (no caso da RD50, molas externas). Na impossibilidade, utilizar uma semelhante e de época. Para ciclomotores fica vetado o uso de suspensões modernas/hidráulicas.
• Freios: Podem ser maiores, desde que de época e a lona. Modelos específicos com freio a disco (a cabo) se originais do modelo, são aceitos.
• Escapamento: Livre (original ou dimensionado).
• Será necessário vistoria técnica e vistoria histórica.
• Itens obrigatórios de segurança: Capacete fechado, sapato de cano alto, calça comprida (couro ou cordura), jaqueta fechada (couro ou cordura) e luvas (couro ou cordura).

TURISMO (regularidade)

• Motocicletas de qualquer cilindrada, fabricadas até 1984.
• Os tempos médios são calculados durante o PNT com o resultado das voltas de todos os participantes nesta categoria.
• Turismo I = Tempo médio na velocidade mais rápida
• Turismo II = Tempo médio na velocidade mais lenta
• Turismo Senior = Tempo médio Bem lento, é um passeio cronometrado.

SCOOTERS, Cigarretes e Charutinhos

• Categoria das Cigarrilhas e Charutinhos
• Motonetas com motores 2 Tempos até 175cc, fabricadas até 1981
• Modelos originais sem preparação.
• Categoria Força Livre
• Toda e qualquer scooter com adaptações técnicas e preparações de corrida , recorte de lata, freios a disco, kits de preparação importado desde que em carcaças e blocos de motor originais da mesma. As Vespas PX, mesmo que originais, se enquadram nessa categoria.

CATEGORIA BATON

• Motocicletas de qualquer cilindrada, com ano de fabricação até 1984, pilotadas por pilotos mulheres.

4 TEMPOS até 100cc

• Motocicletas com motores 4 Tempos, até 100cc, fabricadas até 1980.
• Esta categoria busca a utilização/regulamentação das motocicletas, que vem participando no PNT-TT desde sua primeira edição, onde originalmente utilizavam propulsores 50cc mas devido ao seu alto custo de restauração/manutenção, estão utilizando motores 100cc 4t (caso das Honda SS50 com mecânica de Honda Dream 100cc)
• O PNT-TT entende que estas motocicletas, quando utilizando seus motores originais de 50cc, não são viáveis para uso numa competição devido ao seu alto custo de recuperação e ao baixo rendimento em pista. Portanto, APENAS E RESTRITAMENTE para os modelos listados abaixo, o PNT abre uma exceção, cedendo à necessidade de utilização de motor de 100cc, 4 tempos que, mesmo de fabricação recente, possui EXATAMENTE a mesma concepção e formato mecânico de seus antecessores da década de 60 e 70.
• É obrigatório o uso da ciclística (chassis/suspensão/freio/rodas/tanque de combustível) de época. No caso de tanques de combustível fabricados em alumínio, que sejam no formato das motocicletas de corrida de época.
• É proibido o uso de freios hidráulicos, podendo ser usados freios a lona maiores, desde que anteriores à data limite de 1980.
• Os modelos aceitos e convertidos para 100c são basicamente os modelos de 50cc que utilizavam motores horizontais dos anos 1980 para baixo, no caso:

* Honda SS50, SS90, S65, ST50,ST70
* Yamaha YB50, AG100
* Suzuki A50,A100 e outras, desde que utilizasse motores até 100cc na época e equipados com os motores listados abaixo.
• Apenas estes modelos de motores terão permissão para serem utilizados:

* Honda C100 Dream, Biz 100 e POP 100
* Motores de Yamaha Crypton 100
• Será terminantemente proibido a utilização de motocicletas réplicas chinesas atuais, bem como seus motores. Os modelos das motocicletas Sundaw são proibidos, assim como seus propulsores.

Regras para preparação dos motores:
• Os motores deverão ter a distância entre os prisioneiros (fixação do cilindro ao bloco) na sua configuração original e NÃO será permitido o uso de calço (placa) abaixo do cilindro.
• É permitido o uso de platinado ou CDI
• É permitido a modificação/preparação de componentes internos, desde que originais do motor.
• Não é permitido o uso de cabeçotes multi-válvulas e duplo comando;
• Não é permitido a alteração dos centímetros cúbicos (cilindrada)
• É permitido apenas pistão 100cc até a última medida do cilindro original, com taxa de compressão livre;
• Carburador: Livre
• E em caso de dúvidas será solicitado, pela comissão técnica, a retirada do cabeçote para verificação de cilindrada e curso;
Será necessário vistoria técnica e vistoria histórica.
• Itens obrigatórios de segurança: Capacete fechado, sapato de cano alto, calça comprida (couro ou cordura), jaqueta fechada (couro ou cordura) e luvas (couro ou cordura).